balneario-camboriu_02Fora da Região Sul, Balneário Camboriú é um destino relativamente pouco conhecido. Costumamos errar até o nome: “Camboriú” se refere à cidade vizinha, sem praia, da qual “Balneário” (como é mais conhecida) se emancipou. Veja por que você deveria pôr Balneário no seu mapa:

1. É a melhor base para o Beto Carrero World. Fica a apenas 40 quilômetros do parque (de Floripa ao Beto Carrero são 120 quilômetros). Agências locais vendem ingressos com transporte incluído por R$ 90, praticamente o preço da bilheteria.

2. É mais amigável para o turista do que Florianópolis. Com calçadão à beira-mar, Bondindinho (uma jardineira que percorre a orla) e ônibus de linha para as praias fora da cidade, Balneário Camboriú dispensa o uso de carro.

3. Tem beach lounges sofisticados. A Praia Brava Sul, que fica em Itajaí, mas está colada a Balneário, tem clubes de praia à la Jurerê, a exemplo do Brava Sushi, do Solem e do Guka Beach. Na praia do Estaleirinho, na temporada funcionam os descolados Sky Beach e Parador Estaleiro.

4. Tem praias selvagens nos arredores. Os arranha-céus fazem sombra na praia central já no meio da tarde. Em compensação, ao longo da rodovia Interpraias, como nas praias de Taquara ou Estaleiro, quase não se veem edificações.

5. A praia dos nudistas está menos xiita. A Praia do Pinho agora tem uma zona de adaptação, fora da areia, onde é permitido ficar vestido. Homens desacompanhados de mulheres já são aceitos pela entrada principal.

6. A localização é ótima para passear. Além de ir ao Beto Carrero World, você pode pegar o teleférico para o parque Unipraias, fazer passeios em barco de pirata, subir ao Cristo Luz e dar um pulinho em Blumenau e Pomerode, a 100 quilômetros.

7. Tem balada o ano inteiro. O Warung, na Praia Brava Norte de Itajaí, é um dos clubes de música eletrônica mais cultuados do país. Na cidade, Green Valley (pop), Taj (restaurante com balada), Shed e Wood’s (baladas sertanejas) disputam o público que vem de Curitiba, Blumenau e até de Floripa.

8. Tem aeroporto pertinho. É Navegantes, a 30 quilômetros. Uma van leva à rodoviária de Balneário por R$ 28,50.

9. Não é um destino caro. Apesar do boom imobiliário, que tem erguido prédios de altíssimo padrão e feito surgir restaurantes sofisticados, Balneário Camboriú continua relativamente em conta – se encarecesse, perderia dois de seus públicos cativos: os aposentados e os argentinos.

10. Dá praia no outono. As frentes frias são rápidas e deixam um lastro de dias secos e quentes, com noites frescas.

Ricardo Freire – O Estado de S.Paulo